Albumina ou Whey Protein: Qual é o melhor?

por INSTITUTO HI-NUTRITION / 25 Abril 2018 / Notícias do Mercado

Introdução 

Albumina e whey protein são as proteínas em pó mais usadas por quem treina, mas se fosse possível escolher apenas uma, qual delas seria a melhor escolha? 

Em relação a proteína:

- Tanto a albumina como o whey protein fornecem cerca de 22~24g de proteína a cada dose contendo 30g.

- Ambas são proteínas completas, ou seja, fornecem todos os aminoácidos (isto inclui glutamina, bcaas e todos os essenciais) que o corpo precisa para construir massa muscular.

- Ambas são de altíssimo valor biológico e conseguem ser igualmente bem aproveitadas pelo nosso corpo.

- Neste quesito, tanto o whey como albumina são proteínas de altíssima qualidade e poderão servir o mesmo propósito com eficiência.

Em relação a velocidade de absorção:

O whey protein, independentemente do tipo, possui uma absorção muito rápida. Mas isto não quer dizer que a absorção da albumina seja lenta.

Por se tratar de uma proteína em pó, a albumina também será absorvida relativamente rápido pelo corpo. Não há tanto trabalho de digestão como aconteceria com um alimento sólido e os aminoácidos poderão entrar na corrente sanguínea rapidamente. A única proteína que realmente tem a absorção lenta é a caseína que ao entrar em contato com o ácido do estômago se transforma em um gel que desacelera a digestão. Bem, independente da velocidade de absorção do whey, albumina ou até da caseína, todas elas vão servir como fontes de proteína confiáveis. A velocidade que uma proteína é absorvida não é fator determinante para os seus resultados. Na verdade, uma pessoa comendo frango em todas as refeições poderia ter um resultado igual ou melhor (mas nem todos tem o luxo de poder preparar e comer alimentos sólidos o dia inteiro, é por isso que as proteínas em pó foram criadas).

Em relação ao gosto:

Em questão de gosto, o whey protein sai sempre na frente. Mesmo sem sabor, o whey é mais tolerável que a albumina que conhecidamente possui um gosto temido por muitos. Quando adicionado sabor, é possível até mesmo confundir o whey com um achocolatado (por exemplo). Já a albumina, as empresas chegam a inserir açúcares para tentar disfarçar o gosto que além de não funcionar, “suja” o suplemento com carboidratos simples e afeta a quantia de proteína por dose. Lembrando que gosto é um critério muito pessoal e não influencia na eficiência de uma proteína, mas a diferença gritante entre estas duas é algo a se pensar caso você realmente se importe com isto.

Em relação ao custo-benefício:

Custo-benefício é a relação do valor gasto com o “quanto” você recebe de volta. No geral, a albumina (pura) acaba saindo mais barato que o whey protein, mas isto depende muito de quanto você está disposto a pesquisar. Com um pouco de calma é possível encontrar 1kg de whey protein concentrado com praticamente o mesmo preço que 1kg de albumina (ambos nacionais, claro). Em suma, considerando que ambas são boas proteínas, tudo vai depender do seu bolso.

Ambas as proteínas são completas, possuem todos os aminoácidos essenciais, fornecem uma quantia muito parecida de proteína por dose, tem praticamente o mesmo valor biológico e apesar do whey protein ser absorvido mais rápido, isto não vai influenciar os seus ganhos como você imagina (mas as empresas de suplementos adoram fazer você acreditar que sim).

Com isto fora do caminho, se você pudesse comprar apenas uma proteína em pó, a melhor delas seria aquela que cabe no seu bolso e seja mais agradável para o seu paladar. No final do dia, o mais importante vai ser estar ingerindo a quantia necessária de proteína.

Receba este e outros estudos direto no seu e-mail.
Preencha o Formulário e Fique Sempre Atualizado!

TOP