Hidroxitirosol é Eficaz na Redução de Peso

por Hi-Nutrition / 4 Abril 2019 / Estudo Científico

O azeite extra-virgem (EVOO) é o principal componente lipídico da dieta do mediterrâneo. O Seven Countries Study, e muitos outros estudos, demonstraram que a dieta mediterrânea é capaz de reduzir a incidência de doenças degenerativas crônicas, enquanto o estudo PREDIMED provou a eficácia do programa dietético mediterrâneo suplementado com azeite na redução da incidência de eventos cardiovasculares devido a várias alterações nas vias envolvidas no risco cardiometabólico. A capacidade do EVOO de melhorar as condições de saúde é devida a vários componentes, como o alto conteúdo de ácidos graxos monoinsaturados (MUFAs), em particular o ácido oléico, que é capaz de melhorar a conversão do ácido α-linolênico (ALA) em ácidos graxos n-3 poli-insaturados de cadeia longa, levando a grandes benefícios para a saúde em doenças cardiovasculares (DCV). A Food and Drug Administration (FDA) reconheceu o azeite (23 g/dia) como uma alegação de saúde qualificada para diminuir o risco de doença cardíaca coronária.

Objetivo do Estudo
O estudo randomizado, duplo cego, cruzado e controlado por placebo conduzido por Colica et al. (2017) teve como objetivo determinar o efeito do HT em voluntários saudáveis. 






                                                           
                                                                 


Por se tratar de um estudo cruzado, os indivíduos que foram separados por um período sem tratamento de 2 semanas. Ao final do período sem tratamento, os grupos receberam o outro tratamento pelo mesmo período, resultando em uma duração total de 8 semanas. No início e no final de cada tratamento, avaliação da composição corporal, expressão gênica e análise de sangue foram realizadas. Os indivíduos foram solicitados a manter seus hábitos habituais de vida.


Resultados

Biomarcadores de oxidação, status antioxidante total, superóxido dismutase 1 e concentração plasmática de HT foram significativamente aumentados, enquanto nitrito, nitrato e malondialdeído foram drasticamente reduzidos

Redução significativa da porcentagem de massa gorda, da dobra cutânea suprailíaca e do peso após o HT.

Conclusão 


Este estudo mostra que 15 mg/dia de HT alterou os parâmetros de composição corporal, modulou o perfil antioxidante e a expressão de genes relacionados à inflamação e ao estresse oxidativo.


Referências

Colica, C., Di Renzo, L., Trombetta, D. et al. Antioxidant Effects of a Hydroxytyrosol-Based Pharmaceutical Formulation on Body Composition, Metabolic State, and Gene Expression: A Randomized Double-Blinded, Placebo-Controlled Crossover Trial. Oxid Med Cell Longev. 2017;2017:2473495. doi: 10.1155/2017/2473495. Epub 2017




Receba este e outros estudos direto no seu e-mail.
Preencha o Formulário e Fique Sempre Atualizado!

Não se prepocupe, seus dados serão mantidos em sigilo.

TOP