Efeitos da Suplementação de Canela

por HI-NUTRITON / 31 Outrubro 2018 / Estudo Científico
A Síndrome do Ovário Policístico (SOPC) é uma desordem endócrina e reprodutiva feminina associada ao desarranjo funcional no tecido adiposo.
A adiponectina é uma adipocitocina secretada exclusivamente pelo tecido adiposo que tem demonstrado propriedades antidiabéticas e antiaterogênicas. Estudos demonstraram uma redução dos níveis de adiponectina na SOPC. 
A canela (Cinamomum zeylanicum) tem como principais componentes o cinamaldeído, ácido cinâmico e metilhidroxichalcona. Os polifenóis da Canela desempenham propriedades insulinomiméticas. 
Estudos em animais demonstraram que o extrato de canela regula a resistência à insulina e adipogênese, resultando em melhora do metabolismo lipídico e da glicose. Pesquisadores demonstraram a melhora da resistência à insulina com 1 g/dia de extrato de canela durante 8 semanas em pacientes com SOPC. Os efeitos de diferentes doses de canela na redução de glicose sanguínea em jejum, resistência à insulina e perfil lipídico sérico tem sido demonstrados em pacientes com diabetes mellitus tipo 2, comprometimento da tolerância à glicose, doença hepática gordurosa não alcoólica e indivíduos saudáveis.

Objetivo do estudo

Nesse estudo clínico, duplo-cego e controlado, Borzoei et al. (2018) investigaram os efeitos da suplementação com canela nos índices glicêmicos, lipídeos séricos e adiponectina em pacientes com Síndrome do Ovário Policístico (SOPC). Assim, 84 pacientes sobrepesadas ou obesas com SOPC foram randomizadas para receberem durante 8 semanas: Grupo 1 - canela 500 mg 3 cápsulas ao dia ou Grupo 2 - placebo.  Amostras de sangue em jejum, parâmetros antropométricos e dados da ingestão dietética foram coletados no início do estudo e após tratamento.

Resultados

O grupo 1 apresentou redução significativa da glicose sérica em jejum, insulina, Homeostasis Model Assessment for Insulin Resistance (HOMA-IR), colesterol total, lipoproteína de baixa densidade e peso em comparação com placebo. Além disso, o grupo 1 também apresentou aumento da lipoproteína de alta densidade comparado ao placebo. Os triglicerídeos séricos e Índice de Massa Corporal diminuíram significativamente no grupo 1 em comparação aos valores do início do estudo.

Conclusão

A suplementação em curto-prazo com canela promoveu efeitos favoráveis nos fatores de risco metabólico em mulheres com SOPC.

Referência

Borzoei A1, Rafraf M2, Asghari-Jafarabadi M3,4. Cinnamon improves metabolic factors without detectable effects on adiponectin in women with polycystic ovary syndrome. Asia Pac J Clin Nutr. 2018;27(3):556-563. doi: 10.6133/apjcn.062017.02.
Receba este e outros estudos direto no seu e-mail.
Preencha o Formulário e Fique Sempre Atualizado!

Não se prepocupe, seus dados serão mantidos em sigilo.

TOP